SOBRE A CHÁCARA BOM JESUS – Chácara Bom Jesus
 
 
 

A Chácara Bom Jesus


A Chácara Bom Jesus foi fundada em 02 de janeiro 1997, com intuito de promover o turismo através da cultura tradicionalista, fundada por Eliziario Vieira tradicionalista, pecuarista e empresário, teve sua vida toda alicerçada nas lidas campeiras, foi ginete, laçador em competições nacionais e internacionais, também participou efetivamente das áreas artísticas dos CTG Barbicacho Colorado de Lages SC, CTG Fronteira Paranaense de Santa Isabel do Ivaí e CTG Fazenda Velha Brasileira de Paranavaí PR, um estudioso das tradições gaúchas, e colecionador de utensílios gaúchos. Teve como desejo socializar as lidas campeiras com pessoas que gostam da tradição, para que isso se consolidasse construiu um espaço de eventos onde as pessoas poderiam se encontrar para cultivar o tradicionalismo, cancha de laço, cancha de gineteada, churrasqueiras, açudes para pesca e salão de eventos, local amplo e com estacionamento próprio sediou mais de 25 rodeios próprios e foi parceiros de grandes eventos, como Rodeios do CTG Planalto Lageano, Combate de Marcas (provas de gineteadas),

DSC_0217 (2)SOBRE A CHÁCARA BOM JESUS
DSC_0048 (2)DSC_0075 (2)

Rodeio da Transamérica, Rodeio da Cabanha Girardi, Rodeio de Laços Brasil, Rodeio do CTG Marcio Souza, Rodeio do CTG Bocaina do Sul, Rodeio dos CTG Martins, Rodeio do CTG Sergio Arruda, Laçadas do Pinhão, Rodeios do CTG Sentinela do Pago, Gineteadas Tropilha Mano a Mano, Encontro de Gaiteiros, Concurso do peão Barriga Verde em parceria com o MTG e o Festival Campereada do Canto Gaúcho, e comemora a Semana Farroupilha já a dois anos. A Chácara Bom Jesus hoje trabalha também com Lives onde procura passar conteúdo focado no tradicionalismo e nas lidas campeiras, tem um programa no instagran que é transmitido para as redes sociais no youtube e facebook, chamado Causos de Galpão, onde o Eliziario Vieira recebe um convidado para conversar contar causos e falar sobre o tradicionalismo, já conversou com tropeiros, trovadores, compositores, guasqueiros, historiadores e outras personalidades que representam o povo serrano e tradicionalista.

×